Após polêmica nacional, a fisioterapeuta Bruna Figueredo, 20 anos, foi destituída do posto de miss Campo Novo do Parecis 2019.
Duramente criticada nas redes sociais, a jovem foi punida pela organização do concurso por gravar vídeo zombando de um entregador do aplicativo Uber Eats, que realizava seu trabalho em uma bicicleta.
O vídeo viralizou nas redes sociais na quinta (24).
Na filmagem, a fisioterapeuta dá risada e diz que o pedido chegará atrasado, já que o trabalhador estava pedalando devagar enquanto “subia uma ladeira”.
Em nota de esclarecimento divulgada hoje (25), a organização responsável pelo Concurso Miss Mato Grosso 2019, informou que a conduta da fisioterapeuta feriu os princípios da competição e as funções que devem ser desempanhadas pelas representantes durante o período em que assumem o compromisso de serem misses.
Bruna deve ser notificada oficialmente sobre a decisão na próxima segunda (28).
Ainda conforme a nota, a organização do concurso afirmou repudiar atitudes discriminatórias ou que depreciem outros serem humanos.
“Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa”, consta em trecho do posicionamento.
No período da manhã de hoje (25), ao, um dos organizadores do evento, Warner Willon, chegou a afirmar que Bruna não corria o risco de perder a faixa.
O posicionamento, no entanto, foi revisto.

Entenda o caso

Em um trecho do vídeo, que foi publicado para mais de seis mil seguidores de Bruna no Instagram, a ex-miss também afirma que um entregador de comida de bicicleta é o “famoso quem não tem cão caça com gato”.
Enquanto o carro onde Bruna estava passa ao lado do trabalhador, a fisioterapeuta gravou o momento em que debocha do homem que subia a ladeira com grande esforço.
“Não acredito. Está ruim para você, está ruim para mim, está ruim até para o Uber Eats. Olha isso daqui”, diz enquanto filma o entregador pedalando em uma rua.
O fato aconteceu na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, próximo a rotatória do Circulo Militar, na noite de ontem (23).

Confira a íntegra da nota de esclarecimento:

“A organização responsável pelo Concurso Miss Mato Grosso 2019 informa que decidiu em retirar o título de Miss Campo Novo do Parecis 2019, de Bruna Figueiredo.
Bruna feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss.
Ainda na segunda-feira (28), Bruna Figueiredo será notificada da decisão.
A organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa.
Lamentamos o ocorrido e reiteramos nosso compromisso, seriedade e respeito que o Concurso Miss Mato Grosso tem com a sociedade mato-grossense.

Warner Willon e Nadeska Calmon – Organização Miss Mato Grosso 2019″

Fonte: RD News

Siga nosso Facebook ► Cujubim Notícias

Siga canal no YouTube ► Cujubim Noticias

Participe do grupo no Whatsapp ► Cujubim Noticias

Deixe seu comentário